• Início
  • Cidade
  • Sancionada a lei que cria o Distrito de Santo Antônio do Porto
Cidade Região

Sancionada a lei que cria o Distrito de Santo Antônio do Porto

O fim da tarde desta terça-feira (10/04) dificilmente será esquecido pelos moradores de Santo Antônio do Porto, na zona rural de Governador Valadares. Com a presença de lideranças políticas e comunitárias, o prefeito André Merlo sancionou a lei de autoria do vereador Neném do Desidério, que criou o Distrito de Santo Antônio do Porto, um sonho antigo da comunidade.  A solenidade aconteceu nas instalações da Escola Municipal Realina Adelina Costa e contou com apresentações artísticas e mostra cultural, revelando o traçado e as belezas naturais do lugar, cercado por montanhas e cachoeiras.

“O Distrito de Santo Antônio do Porto tem um potencial enorme para o turismo e isso precisa ser melhor trabalhado”, destacou o prefeito André Merlo, após a assinatura da sanção. Além do vereador Neném do Desidério, a Câmara Municipal foi representada pelo presidente, o vereador Paulinho Costa e os vereadores Waldecy Barcellos e Robinho Mifarreg.  Moradores mais antigos do lugar, os aposentados Moacir e Bernardino Quintão também prestigiaram o evento.

“Esse é um momento histórico para a comunidade. A partir de agora, o Distrito pode pleitear recursos por meio de convênios com o Estado e a União, melhorando a qualidade de vida das pessoas. Esse é um sonho que se transforma em realidade”, disse o presidente da Câmara Municipal, Paulinho Costa.

Autor do projeto de Lei que elevou o povoado de Santo Antônio do Porto, à condição de Distrito, o vereador Neném do Desidério disse que esse era uma compromisso assumido com os moradores da comunidade. “Essa era uma necessidade que sentimos nas conversas com a população. Essa região poderá receber mais comércio, tecnologias, serviços públicos, dentre outros e isso refletirá na sede do município com retorno aos cofres públicos instantaneamente”, justificou o vereador.

Ainda conforme Neném do Desidério, Santo Antônio do Porto possui atualmente mais de 480 eleitores.  A Lei Estadual Complementar nº 37/95, que dispõe sobre criação, incorporação, fusão e desmembramento de município, estabelece que para ser elevado à distrito o povoado precisa ter no mínimo 200 eleitores.

Notícias Relacionadas

Homem suspeito de estuprar filhos e enteado é preso em Valadares

Redação

Equipes de saúde da Prefeitura de GV vão às casas conferir cartões de vacina

Redação

Adolescente de 15 anos é morto a tiros no Bairro Bela Vista, Valadares

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais