Acontecimentos Cidade Matérias Minas Gerais Região Saúde

Morte por chikungunya é confirmada em Central de Minas

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais confirmou que subiu para 12 o número de mortos por chikungunya no Estado. Entre os óbitos registrados, está o de um morador de Central de Minas. Os dados foram publicados nesta segunda-feira (27), no boletim epidemiológico estadual. A maioria dos casos continua concentrada em Governador Valadares (MG). Até o momento, 10 mortes foram confirmadas na cidade em decorrência da doença. Uma pessoa também morreu em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri.

Ainda segundo o boletim, 8 mortes estão em investigação. Todos os óbitos correspondem ao primeiro trimestre do ano, que é o período de maior incidência de casos. De acordo com a SES-MG, os pacientes já apresentavam doenças pré-existentes e a maior parte tinha mais de 65 anos.

Em dois meses, o número de casos confirmados subiu de 7 para 12, de acordo com a divulgação do boletim realizado em setembro deste ano.

Notícias Relacionadas

Homem suspeito de estuprar filhos e enteado é preso em Valadares

Redação

Instituto de pesquisa teria testado notícia sobre estupro

Redação

Equipes de saúde da Prefeitura de GV vão às casas conferir cartões de vacina

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais