• Início
  • Minas Gerais
  • Este homem ‘tranquilão’ em meio a um assalto (em Minas) vai superar aquela pessoa viciada em WhatsApp
Minas Gerais

Este homem ‘tranquilão’ em meio a um assalto (em Minas) vai superar aquela pessoa viciada em WhatsApp

Mais de 40 mil compartilhamentos em menos de 24 horas. Estes são alguns dos números de um vídeo que tornou-se viral nas últimas horas por meio do Facebook, principalmente entre internautas mineiros. As imagens mostram um assalto ocorrido em um bar de Nova Serrana, na região Central de Minas, na madrugada do último domingo (21). Elas repercutem por conta da inesperada reação – ou falta dela -, de um dos frequentadores do comércio diante do crime.

O homem em questão pode ser visto de camisa verde ao lado do balcão. Ele usa o celular e não conversa com os demais presentes no local. Em determinado momento, o assaltante chega armado e, sem tirar o capacete, parece mandar que as vítimas deitem ao chão. O homem segue concentrado olhando para a tela do aparelho, sem se dar conta de que o bar é assaltado.

Na sequência, o ladrão passa ao lado do homem e vai até o balcão, onde obriga um funcionário a recolher o dinheiro. Ele deixa o estabelecimento em seguida e os frequentadores do bar começam a se levantar. O homem que usa o celular vê alguns deles deitados e dá risada, mas depois fica aparentemente nervoso com a descoberta de que houve um assalto.

Nos comentários do vídeo, internautas se divertem com a reação tardia do homem e com o fato de ele não desgrudar do celular. “Aposto que a conversa estava muito boa”, escreveu uma jovem. “Deve ser a mulher no celular, por isso tava tão concentrado”, brincou outro. “Certamente somos nós em um assalto”, comentou um terceiro marcando amigos.

A reportagem conversou com a proprietária do bar nesta segunda-feira (23). A mulher, de 46 anos, disse que pensa em fechar o estabelecimento por conta da insegurança na região. “O bar ficou fechado por um tempo e eu resolvi reabrir, mas já estou pensando em fechar de novo”, disse. “Quem cuida da gente aqui é Deus, o bairro não tem nem 400 moradores e sempre tem assalto, até em posto de saúde”, explicou a comerciante, que preferiu não se identificar.

A reportagem também fez contato com o 60º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que é responsável pela área, para falar sobre o assunto. O comando ficou de comentar o policiamento na região ainda nesta segunda-feira. A matéria será atualizada caso haja um retorno.

Fonte: BHAZ

Notícias Relacionadas

PF prende vice-governador e Deputado Estadual de MG

Redação

Valadarense é preso após se masturbar e tentar beijar mulher em voo para BH

Redação

Bolsonaro tem 57%, Haddad 43% e em MG, Zema tem 67% e Anastasia 33%, diz Ibope

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais