Minas Gerais Política

Eduardo Azeredo já é considerado foragido pela Polícia Civil

Dezenas de policiais civis estão à procura do ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB) em vários endereços de Belo Horizonte desde as 6h desta quarta-feira.De acordo com o delegado Carlos Capistrano, desde o início da manhã a Polícia Civil não está conseguindo contato com os advogados do tucano.  A expectativa é que o ex-governador se entregue à polícia ainda nesta manhã.

O mandado de prisão contra Eduardo Azeredo foi expedido no início da noite de ontem, depois que os desembargadores da 5ª Câmara Criminal negaram o último recurso apresentado pela defesa para tentar reverter a condenação a 20 anos e um mês de prisão no caso do mensalão mineiro.

Eduardo Azeredo foi condenado sob a acusação de ter desviado R$ 3,5 milhões para a campanha eleitoral de 1998, quando foi derrotado por Itamar Franco na disputa pela reeleição. O dinheiro seria destinado para o patrocínio do Iron Biker, Supercross e Enduro da Independência – todos eventos esportivos.

O esquema envolveria a Companhia Mineradora de Minas Gerais (Comig), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e o Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge).

A defesa já ajuizou um habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar manter o ex-governador em liberdade até que se esgotem todos os recursos contra a condenação.

Notícias Relacionadas

Número de pedidos de registro de candidatura em Minas é o maior da história em eleições gerais

Redação

Campanha eleitoral começa hoje nas ruas e candidatos traçam estratégias

Redação

Professor chama aluna de ‘gostosa’ e causa polêmica em escola de MG

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais