• Início
  • Cidade
  • Dissidentes da Assembleia de Deus causam tumulto no templo sede em GV
Cidade Governador Valadares

Dissidentes da Assembleia de Deus causam tumulto no templo sede em GV

Na agenda da Igreja Assembleia de Deus estava marcado um culto de celebração e gratidão pela recondução do pastor Salatiel Fidelis a direção da instituição, mas o que se viu foi um show de incivilidade, falta de reverência em um local de culto e desrespeito a lei e a ordem.

Partidários do pastor Vanderley Soares Pereira tumultuaram o ambiente e impossibilitaram a realização do culto. Portando faixas, cartazes e aos berros se recusaram a reconhecer a derrota judicial proclamada pelo TJMG que garantia ao pastor Salatiel Fidelis de Souza o retorno a liderança da igreja.

Os mais exaltados em atitude desequilibrada usavam faixas e cartazes como arma intimidadora próxima ao rosto dos que procuravam cumprir a ordem judicial de reempossar o pastor presidente. No vídeo que circula nas redes sociais na internet vê se manifestantes aproximando do rosto do deputado federal Leonardo Monteiro tais cartazes e outros fazendo os mesmos gestos em direção aos demais fieis. As imagens mostram também empurra, empura patrocinado pelos simpatizantes do primeiro vice-presidente Vanderley Soares Pereira que ocupou a presidência interinamente após a jubilação compulsória do Pastor Salatiel Fidelis de Souza em reunião que foi considerada ilegal e reformada pela justiça.

Ontem, uma página vergonhosa foi inserida na história da igreja que ao longo dos anos beneficiou toda a comunidade valadarense. Com forte penetração social e espiritual em GV a Igreja Evangélica Assembleia de Deus enfrenta tempos difíceis dividida por dois grupos que se antagonizam pelo poder.

A sociedade valadarense e a comunidade evangélica  assiste espantada a falta de equilíbrio, sensatez e descortesia daqueles que deveriam primar em zelar pela conduta sóbria, ordeira e respeitosa de levar uma mensagem de amor e tolerância.

Perde a igreja como instituição, perde os seus membros como aqueles que sempre foram apascentados com retidão e respeito e perde a cidade por ver manchada a reputação de uma das mais sólidas instituição religiosa valadarense.

Notícias Relacionadas

Justiça determina que Governador Valadares deve garantir atendimento ou a transferência de pacientes do SUS

Redação

Diretoria da AADVOG divulga nota de repúdio sobre artigo publicado no Jornal Tribuna Jurídica

Redação

Coiote valadarense descreve como trafica pessoas para os EUA

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais