• Início
  • Esporte
  • Cruzeiro tropeça em casa, mas se mantém próximo dos líderes do Brasileirão
Campeonato Brasileiro Esporte Futebol

Cruzeiro tropeça em casa, mas se mantém próximo dos líderes do Brasileirão

Cruzeiro e Vasco fizeram um clássico muito disputado pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Raposa saiu atrás no placar com gol de Andrey no primeiro tempo e empatou na segunda etapa com gol do atacante Raniel, depois de ótimo passe de Rafael Sóbis.

A partida foi a última do Cruzeiro diante da sua torcida, antes da parada para a Copa do Mundo, que terá início na próxima semana. Antes disso, o Clube, que se encontra na quarta posição da tabela, terá dois compromissos importantes fora de casa. No sábado contra a Chapecoense e na quarta-feira contra o Paraná.

O Jogo

O jogo começou bastante disputado, com o Cruzeiro criando as melhores chances de gol. A primeira delas veio por meio do zagueiro Dedé que cabeceou muito perto da meta vascaína, aos sete minutos.

Logo em seguida, Thiago Neves teve a chance depois da boa jogada de Raniel. O camisa 30 pegou de primeira, mas mandou por cima do gol de Fernando Miguel.

Aos 15 minutos, Yago Pikachu bateu falta com perigo na entrada da área e Fábio fez grande defesa. A bola ainda pegou no travessão e foi para escanteio.

Seis minutos depois, aos 21, saiu o gol do Vasco. Egídio afastou a bola e ela ficou com Andrey, o meia arriscou da entrada da área e mandou no ângulo esquerdo de Fábio, sem chances para o goleiro celeste.

O Cruzeiro foi para cima e por pouco não empatou aos 29. Raniel desviou a bola no primeiro pau e Henrique cabeceou por cima da meta do adversário.

Segunda etapa

O Cruzeiro iniciou a etapa complementar em cima do adversário em busca do gol do empate. Aos três minutos, Dedé tomou a bola da defesa e cruzou para área com grande perigo.

Cinco minutos depois foi à vez de Raniel ganhar do zagueiro pela direita e fazer o cruzamento, a bola pegou na zaga e por pouco não entrou na meta do time adversário, cruzando a pequena área, quase sobre a linha do gol.

Aos 13 minutos, escanteio para o Cruzeiro. Bola batida na área e ficou para Dedé. O zagueiro ajeitou e bateu de direita, a esquerda da meta vascaína, quase empatando a partida.

Dois minutos depois saiu o gol de empate. Dedé avançou e tocou para Sóbis, o atacante de primeira tocou para Raniel que recebeu de frente para o gol e concluiu ao lado do goleiro Fernando Miguel. 1 a 1, no placar.

Aos 39 minutos, escanteio para a Raposa, Raniel pula na área e é derrubado por Paulão, o juiz não vê pênalti no lance e deixa seguir. O time celeste fica revoltado com a situação.

Fim de jogo no Mineirão, empate de 1 a 1 entre Cruzeiro e Vasco.

Palavra do artilheiro celeste da noite

Raniel foi bastante acionado na noite e foi o autor do gol de empate da Raposa, no segundo tempo. Para o atacante, o Cruzeiro lutou pela vitória, mas infelizmente não consegiu chegar ao gol que daria os três pontos à Raposa no confronto, e a segunda colocação na tabela da competição. .

“Nosso jogo de hoje era para vitória, diante da nossa torcida, mas infelizmente não veio. Nós brigamos bastante na partida, até o final, infelizmente o Brasileirão será assim, não vamos ganhar todas. Mas o que vale é que nossa equipe brigou bastante, se empenhou demais na partida. Temos que agradecer a torcida que nos apoiou durante todo o jogo, e precisamos levantar a cabeça, pois temos dois compromissos difíceis pela competição”, declarou o atacante.

Mano Menezes

O técnico Mano Menezes falou sobre a partida e também sobre o resultado final. Para o treinador, o Cruzeiro foi melhor e acabou prejudicado em dois lances que a arbitragem não assinalou os pênaltis.

“O Cruzeiro mereceu porque aconteceu o gol e mais dois lances de penalidades não marcados. Poderíamos ter vencido com mérito, uma vitória de virada, bem construída. O mérito que estão vendo do lado de lá, poderia não estar sendo discutido”, declarou Mano.

Ficha técnica

CRUZEIRO 1 x 1 VASCO

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 06/06/2018 (quarta-feira)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público Presente: 23.725
Público Pagante: 19.870
Renda: R$ 411.772,00
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP)
Gols: Andrey aos 21 minutos do primeiro tempo, e Raniel aos 15 minutos do segundo tempo.
Cruzeiro: Fábio, Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Lucas Silva (Marcelo), Henrique, Robinho e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Bruno Silva) e Raniel
Técnico:  Mano Menezes
Vasco: Fernando Miguel, Luis Gustavo (Wellington), Paulão, Ricardo e Henrique; Desábato, Andrey,  Bruno Consedey (Evander), Yago Pikachu e Wagner (Giovanni Augusto); André Rios
Técnico: Valdir
Cartões amarelos: Wagner e Yago Pikachu (Vasco)

Cruzeiro 1 x 1 Vasco 06/06/2018

Notícias Relacionadas

Larghi avalia que placar não refletiu história do jogo

Redação

Com gols de Sassá e Raniel, Cruzeiro vence o Santos de virada

Redação

Cruzeiro reafirma sua supremacia na Copa do Brasil

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais