Com futebol morno, França e Dinamarca ficam no primeiro 0 x 0 da Copa

Moscow (Russian Federation), 26/06/2018.- Kylian Mbappe (L) of France in action against Thomas Delaney (R) of Denmark during the FIFA World Cup 2018 group C preliminary round soccer match between Denmark and France in Moscow, Russia, 26 June 2018. The match ended 0-0. (RESTRICTIONS APPLY: Editorial Use Only, not used in association with any commercial entity - Images must not be used in any form of alert service or push service of any kind including via mobile alert services, downloads to mobile devices or MMS messaging - Images must appear as still images and must not emulate match action video footage - No alteration is made to, and no text or image is superimposed over, any published image which: (a) intentionally obscures or removes a sponsor identification image; or (b) adds or overlays the commercial identification of any third party which is not officially associated with the FIFA World Cup) (Dinamarca, Mundial de Fútbol, Moscú, Rusia, Francia) EFE/EPA/ABEDIN TAHERKENAREH EDITORIAL USE ONLY

O empate era bom tanto para França quanto para Dinamarca. Classificava os escandinavos e garantiria a primeira posição aos franceses, que já entraram em campo classificados. E, assim, deu-se o primeiro 0 x 0 desta Copa do Mundo. Na outra partida do grupo, que acontecia simultaneamente, a Austrália precisava vencer e torcer por uma derrota da Dinamarca. Mas os “socceroos” nem sua parte fizeram. Foram derrotados – 2 x 0 – pelo Peru, que já estava eliminado.

Com isso, os dinamarqueses, provavelmente já informados do resultado que se consolidava na outra partida, se mostraram ainda mais satisfeitos com o empate. A França era ligeiramente mais ofensiva, mas agrediu a área adversária com certa preguiça.

Moscow (Russian Federation), 26/06/2018.- Presnel Kimpembe (L) of France in action against Kasper Dolberg (R) of Denmark during the FIFA World Cup 2018 group C preliminary round soccer match between Denmark and France in Moscow, Russia, 26 June
Dinamarca e França fizeram um jogo sem emoções, mas se classificaram às oitavas de final  (FELIPE TRUEBA / EFE / direitos reservados)

A França entrou com vários reservas em campo, mas começou o jogo buscando a vitória. Foi mais ofensiva, pressionou o adversário, mas os dinamarqueses se defenderam bem. Após os minutos iniciais, a França diminuiu o ritmo. O jogo se concentrou mais próximo ao meio de campo, com pouca ação dentro da grande área dos goleiros.

Sem sustos

No segundo tempo, a partida continuou morna, com poucos sustos para os goleiros. Enquanto o goleiro reserva Mandanda, escalado para o lugar de Lloris, praticamente assistia ao jogo de dentro de campo, o goleiro Schmeichel teve um pouco mais de trabalho com Fekhir.

O francês quase ameaçou o 0 x 0 com um chute na rede pelo lado de fora. Depois, ele quase marcou em um bom chute no canto, obrigando o goleiro a se esticar todo para fazer a defesa.

Aos 30 minutos do segundo tempo, a Dinamarca já tocava a bola em seu campo de defesa, sem nenhuma objetividade. Os dinamarqueses gastavam o tempo e irritavam a torcida, que queria ver gols.

No apito final, o resultado foi bom para ambos. Classificados, aguardam a definição do grupo D. Nele, a Croácia já está garantida e definirá apenas se passa em primeiro ou em segundo para as oitavas de final.

Todas as outras seleções do grupo – Argentina, Islândia e Nigéria – ainda têm chances de passar para a próxima fase da Copa do Mundo, na Rússia.

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook