• Início
  • Esporte
  • América recebe Furacão para se reabilitar no Horto. Confira as prováveis escalações
Campeonato Brasileiro Esporte Futebol

América recebe Furacão para se reabilitar no Horto. Confira as prováveis escalações

Jogar bem, mas não conseguir o resultado positivo. Nas duas últimas vezes em que entrou em campo pelo Campeonato Brasileiro, foi o que aconteceu com o América, que chegou a flertar com as primeiras posições, mas agora aparece em 12º. E se o primeiro tropeço em casa, (3 x 1) diante do São Paulo, domingo passado, foi incontestável, o de quinta-feira, no Itaquerão (1 a 0 para o Corinthians) deixou a sensação de que o desfecho poderia ser outro.

Literalmente sem tempo para lamentar, o Coelho volta a campo nesse domingo às 16h no Independência para encarar um adversário traiçoeiro: o Atlético-PR. O Furacão começou a competição badalado assim como o esquema de jogo de seu treinador, Fernando Diniz, mas não confirmou as expectativas e aparece em 13º, logo atrás do Coelho. Vem, no entanto, de reabilitação diante do Santos, na Arena da Baixada.

Cotado para voltar ao time titular, o meia-atacante Aylon sabe que é preciso impor o jogo desde o início, consciente da proposta dos paranaenses. “É um time que tem um modelo de jogo novo. Sabemos que eles gostam muito de sair jogando com passes rasteiros desde trás, sem dar muito chutão. De repente, por estarmos em casa, pressionarmos um pouco mais ou esperarmos um pouco mais para sair rápidos para o ataque. O que temos que fazer é impor o nosso ritmo, diante da nossa torcida, para sair de campo com a vitória”.

Enderson Moreira vive a expectativa das recuperações de Leandro Donizete e Rafael Moura, que não atuaram no meio de semana e não contará com Wesley e Luan, expulsos diante do Corinthians. O comandante americano sabe que, mais uma vez, a condição física pode determinar quem vai a campo.

América x Atlético-PR
16h (domingo)
Independência

Prováveis escalações
América

Jory; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Giovanni; Christian (Leandro Donizete), Juninho, Serginho e Aylon ; Marquinhos e Ademir (Rafael Moura).
Técnico: Enderson Moreira

Atlético-PR
Santos; Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Wanderson; Matheus Rossetto, Camacho, Lucho González, Guilherme e Thiago Carleto; Nikão e Pablo
Técnico: Fernando Diniz

Arbitragem: Rodrigo Batista Raposo, auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira (trio do DF)

Notícias Relacionadas

Larghi avalia que placar não refletiu história do jogo

Redação

Com gols de Sassá e Raniel, Cruzeiro vence o Santos de virada

Redação

Cruzeiro reafirma sua supremacia na Copa do Brasil

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais