Campeonato Brasileiro Esporte Futebol

América bate o Atlético-PR por 3 X 1 no Brasileiro

Após passar uma semana em branco, perdendo para São Paulo e Corinthians, o América voltou a reencontrar a vítória neste domingo, ao superar o Atlético-PR por 3 a 1, no estádio Independência. E quem fez a difereça foi Serginho, autor de dois gols. Com o resultado, o time de Enderson Moreira chega aos 13 pontos e ganha moral para enfrentar o Atlético no clássico mineiro, quinta-feira.
Com os dois times precisando vencer, América e Atlético-PR fizeram um primeiro tempo movimentado, com muitos lances de perigos. O Coelho, apesar de alguns desfalques no ataque, como Rafael Moura, contundido, e Luan, cumprindo suspensão, perdeu várias chances de abrir o placar, especialmente pela lado esquerdo.
Carlinhos e Gerson Magrão, escalado para o lugar de Luan, concentraram as principais jogadas, mas aos 35, Carlinhos, com dores no braço esquerdo, saiu para a entrada de Giovanni. O Coelho perdeu força de ataque e acabou levando o gol dois minutos depois, numa cobrança de falta de Thiago Carleto, ex-América.
Apesar da maior posse de bola, o Furacão não teve muito tempo para comemorar. O América respondeu pouco depois, aos 39.  Judivan, muito participativo no jogo, exibindo a melhor atuação dele na temporada, cruzou rasteiro, com Serginho chegando para emendar para as redes.
O jogo continou franco no segundo tempo e o Atlético ainda aparecendo com perigo na área do Coelho, que mostrava muita inseguraça na defesa. Aos 23, Messias tentou sair jogando quando perdeu a bola e armou o contra-ataque do Furacão, que quase marcou nos pés de Pablo.
Mas a noite era mesmo de Serginho. Num cruzamento preciso de Aylon, Serginho apareceu na área e cabeceou para baixo, com a bola passando por baixo das pernas do goleiro Felipe Alvez. Com o gol, o meia supera  Rafael Moura como artilheiro do time mineiro na competição nacional, com quatro tentos. Na temporada, ele já soma sete gols.
O Furacão foi todo para o ataque em busca do empate e o América aproveitou para ampliar o placar, com Ademir, que tinha entrado no lugar de Gerson Magrão, marcando o terceiro da vitória americana.

Notícias Relacionadas

Larghi avalia que placar não refletiu história do jogo

Redação

Com gols de Sassá e Raniel, Cruzeiro vence o Santos de virada

Redação

Cruzeiro reafirma sua supremacia na Copa do Brasil

Redação

Comentários no Facebook

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais